Confira as edições da revista InterActius
Revista InterActius 5

Sinônimo de excelência

IV Congresso Latino Americano de PNL reuniu quase 600 pessoas, movimentou mais de R$ 1 milhão e firmou-se como um dos maiores eventos do gênero.

No mundo atual, o sucesso de um evento é medido pelas cifras que ele apresenta. O que dizer então de um acontecimento que reuniu mais de 570 pessoas de cinco países diferentes, ofereceu mais de 20 cursos e palestras e movimentou mais de R$ 1 milhão em negócios? Estes números impressionantes são o saldo final dos seis dias do IV Congresso Latino Americano de PNL e dos cursos pré-congresso.

O evento, realizado de 5 a 10 de setembro no Hotel Nacional Inn, mobilizou centenas de pessoas, gerou os mais diversos tipos de negócios diretos e indiretos, e despertou a atenção da mídia – a EPTV, emissora da Rede Globo que transmite para cerca de 70% dos municípios do estado de São Paulo, por exemplo, gravou um programa de 30 minutos sobre PNL com os especialistas Fernando Dalgalarrondo e Ricardo Lima, levado ao ar em 4 de novembro.

“O IV Congresso foi muito bem organizado, o clima estava muito bom e a qualidade dos palestrantes, excelente. Acredito que este quarto tenha sido o melhor congresso até agora”, diz o médico Jairo Mancilha, idealizador dos congressos latino americanos. Realmente, poucas vezes Campinas viu um evento tão bem organizado e que despertou tamanho entusiasmo de seus participantes.

Se os números dão uma idéia da magnitude do evento, a qualidade do Congresso ficou patente justamente por depoimentos de pessoas que vivenciaram o Congresso, seja na organização (como Jairo Mancilha), participando dos cursos ou até mesmo ministrando-os. “Encontrei pessoas muito abertas, respeitando o que aprenderam antes e continuamente flexíveis e envolvidas. Todos estão achando que receberam muito e fiquei impressionado com o compartilhamento de informações e idéias, com a boa energia e a excitação das pessoas na troca de experiências”, conta Stephen Paul Adler, um dos mais concorridos palestrantes do evento e sinônimo de hipnose em todo o mundo.

Assim como o especialista estadunidense, a palestrante Leila Navarro, especialista em Comportamento Humano e Medicina Comportamental, ficou impressionada com o que viu. Acho que este encontro conseguiu reunir a nata da PNL. . Existe uma força nessa gente toda que pode ajudar na humanização, e a PNL é isso, é humanização”, afirma. Logo a seguir, completa com uma piada bem ao estilo de quem trabalha a relação entre PNL e humor: “ Tudo isso foi uma grande conspiração aquariana, que mostrou que eu posso mudar o mundo, pois toda vez que eu me uno a essa trupe tenho essa sensação que eu posso mudar o mundo.”

Mudar o mundo ou mudar a si mesmo? Com a PNL, ambos parecem uma tarefa possível, ainda mais com todo o aprendizado proporcionado pelo IV Congresso. Opinião de quem participou de praticamente todas as palestras e elaboratórios. “Me senti em uma escola, podendo aprender com as maiores pessoas que a PNL pode proporcionar. Sinto-me honrada, privilegiada em ter convivido com essas pessoas de renome internacional”, conta a terapeuta holística Zaíra Farah M. de Souza.

Dever cumprido

Para Cássio Leonardo Corazzari, sócio-proprietário da Actius e presidente do IV Congresso, a sensação após o evento foi de um dever cumprido. E muito bem, é bom frisar. “Foi a primeira vez que organizamos um congresso deste tamanho e com tantas pessoas de renome. É claro que houve pequenas imperfeições, que fazem parte de todo processo como este, mas no geral e pelas avaliações que colhemos dos participantes, creio que podemos afirmar com toda a certeza que o IV Congresso foi um tremendo sucesso”, diz.
Corazzari conta que mesmo as estrelas da PNL internacional que participaram do evento fizeram questão de registrar junto á organização que em poucos lugares do mundo viram um congresso tão bem realizado. “Para nós, porém, o maior prêmio foi ouvir das pessoas que elas aprenderam muito e gostaram de tudo o que fizeram no evento.”

O IV Congresso só teve um aspecto negativo: seu sucesso foi tão grande que dificilmente ele será superado pelas próximas edições. Mas, se depender da vontade e da capacidade de Jairo Mancilha, o desafio está aceito e será vencido. “O V Congresso será em Salvador, no ano que vem, e abordará temas relacionados à terapia e à aprendizagem. Vamos levar mais gente e fazer um evento pelo menos tão brilhante quanto este de Campinas”, promete.